Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
MWgyYTVsZG1lM2hmcjV0c3RiMm83c2QzZzMxNTQ0NTg1NzEw O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

0 Eventos

O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais?

Ferramentas disponibilizada por Freepik sob licença grátis com atribuição

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

(TAGOUT) Chaves de fenda, alicates, martelos, marretas, tesouras, estiletes. Que trabalhador nunca se deparou come estas e outras ferramentas manuais em sua rotina de atividades? Apesar de parecerem inofensivas, por não estarem ligadas à corrente elétrica, estes instrumentos podem oferecer diversos riscos ao operador e outras pessoas que estão à sua volta.

As ferramentas manuais funcionam como extensão das mãos e a sua utilização de maneira incorreta pode causar acidentes graves – seja durante a execução de pequenos reparos, manutenção de máquinas e na construção de obras.

Ferramentas manuais oferecem riscos

A correta aplicação de cada ferramenta é fundamental para garantir a segurança do trabalhador. Quando aplicadas erroneamente, podem causar cortes, fraturas, perfurações, amputação, bolhas, entre outros problemas.

Algumas condições contribuem para isso:

- Manuseio incorreto, sem seguir as orientações dos fabricantes;

- Improviso: usar a ferramenta inadequada para determinada atividade;

- Falta de conservação da ferramenta;

- Falta de treinamento e orientação;

- Atitudes desmedidas: jogar ferramentas para outra pessoa ou deixa-las espalhadas pelo chão;

- Transporte dos instrumentos em locais inadequados, como no bolso ou na mão.

Equipamentos de proteção são imprescindíveis

As medidas preventivas devem ser colocadas em prática. A utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Coletivos (EPCs) é o primeiro passo para garantir a segurança de toda a equipe. Por isso, os gestores devem ser rigorosos na cobrança de sua aplicação em cada atividade.

Aqui vão alguns exemplos:

EPIs – luvas e mangotes de proteção, óculos, cinto de proteção para trabalhos em altura, cinto porta-ferramentas, colete e macacão, botas, etc.

EPCs – cones, correntes e faixas de segurança; placas de sinalização; sirenes, alarmes e alertas luminosos e grades de contenção, quando necessários.

Atitudes que fazem a diferença

Uma das principais atitudes que o operador deve ter é utilizar a ferramenta correta para cada trabalho, além de observar a condição dela (se tem avarias) antes de iniciar qualquer atividade.

Abaixo, elenco outras ações que devem fazer parte da rotina de qualquer trabalhador:

- Entregar as ferramentas de forma segura (sempre com o cabo ou voltado para a pessoa que está recebendo);

- Organizar o espaço de trabalho, não deixando nada espalhado no chão ou em andaimes;

- Transportar as ferramentas em caixas adequadas ou cintos;

- Zelar pela manutenção da ferramenta (limpeza e conservação), tendo sempre unidades sobressalentes para eventual quebra e necessidade de substituição;

- Participar de treinamentos, reciclagens e DDS.

Agora que você já sabe o que é preciso para trabalhar em segurança com as ferramentas manuais, tá na hora de colocar em prática. Não deixe de compartilhar estas informações com outros profissionais!

Uma cópia em inteiro teor deste artigo pode ser visualizada através do LINK abaixo.
Somente ASSINANTES da Revista Manutenção podem BAIXAR o arquivo e a assinatura é gratuita. ASSINAR


via 
TAGOUT
TAGOUT

Texto: Primeira edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons
Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
Ferramentas disponibilizada por Freepik sob licença grátis com atribuição
DETALHES SOBRE O AUTOR
marcio-tosmann O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
João Tosmann
Nome: João Tosmann
Website: http://www.tagout.com.br/
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Engenheiro Eletricista


   Redes sociais: 
linkedin O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
 
facebook O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
 
twitter O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
 
google O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
 
youtube O que é preciso para trabalhar em segurança com ferramentas manuais? - Revista Manutenção
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

João Marcio Tosmann é engenheiro eletricista e diretor da Tagout, indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem. É autor de diversos artigos sobre segurança do trabalho, com objetivo de promover a discussão de temas relacionados a saúde e ao bem-estar dos profissionais no local de trabalho e a importância da prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

FORMAÇÃO ACADÊMICA E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL:

É formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica pela PUC-RS, com pós-graduação em Administração Industrial pela USP e MBA em Marketing pela ESPM. Possui experiência em projetos de manutenção industrial e logística em autopeças. Atuou como membro da diretoria do Complexo Industrial Automotivo General Motors (CIAG) e líder de projetos de novos veículos como Celta (General Motors) e EcoSport (Ford). Atualmente é diretor da Tagout, com sede em Vinhedo (SP), indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem voltados para o mercado brasileiro, além de consultoria e treinamento.


COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)

Redes sociais

Anúncios

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE