Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
ZGlkdG12OG9qcXUyZ2Q5MjFrNjhvb20xMDAxNTQ0NTg1NTU5 Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

0 Eventos

Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação

Capa disponibilizada pela IGUS via Press Release sob licença Creative Commons BY-SA

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

(IGUS) A empresa especializada em plásticos está expandindo a sua gama de porcas de avanço rápido feitas com polímero de alto desempenho iglidur E7 isento de manutenção.

Ajuste seguro, rápido e silencioso – são esses os requisitos impostos aos módulos de porcas de avanço. Por esse motivo, a igus agora expandiu a sua gama de porcas para fusos para movimentação com o material iglidur E7 para fusos trapezoidais e de passo rápido. Eles são caracterizados pelo seu funcionamento suave, com baixas vibrações, cargas reduzidas e alta velocidade. Com os seus materiais e geometrias compatíveis, as novas porcas para fusos de movimentação e a tecnologia de rosca avanço rápido patenteada dryspin da igus proporcionam um acionamento linear otimizado.

No cotidiano, os fusos de avanço trapezoidais e de passo rápido podem ser encontrados por todo o lado, por exemplo, em lentes de câmaras, bem como em portas de trens. São usados onde é necessário um ajuste preciso. As unidades de fuso são habitualmente compostas por dois componentes: o fuso e a porca associada. Mediante altas velocidades dos fusos , as porcas feitas de plásticos padrão ou alternativas metálicas muitas vezes atingem os seus limites. Como consequência, surgem vibrações e ruído. Por esse motivo, a igus, empresa especializada em motion plastics, acrescentou o material iglidur E7 à sua gama de porcas para fusos trapezoidais e de passo rápido. As porcas foram especialmente concebidas para aplicações de alta velocidade, com cargas reduzidas e espaços de instalação pequenos. Portanto, são ideais para a utilização em, por exemplo, máquinas de café totalmente automáticas, impressoras 3D ou até mesmo na tecnologia de laboratório.

Material suave que assegura um funcionamento silencioso em alta velocidade

A nova porca para fusos iglidur E7 é feita de um polímero de alto desempenho mais suave, que incorpora lubrificantes sólidos de forma permanente. Por isso, não são necessários lubrificantes externos, como óleos e massas lubrificantes. O novo material reduz o ruído, agindo simultaneamente como um dispositivo amortecedor de vibrações, além de apresentar uma vida útil longa comprovada pelo laboratório de testes da igus. O teste interno de comparação de desgaste entre o iglidur E7 e o material padrão da igus para porcas demonstrou que, em 135 rotações por minuto e com uma carga de 100 newtons, a porca de iglidur E7 apresenta uma resistência ao desgaste quatro vezes superior em um fuso de avanço rápido e 19 vezes superior em um fuso trapezoidal.

Tecnologia dryspin patenteada permite maior eficiência

Além do desenvolvimento de porcas feitas de plásticos de alto desempenho, a igus apresenta a "dryspin", uma gama de avanço rápido otimizada e patenteada, adaptada às porcas para fusos da igus. As características especiais da tecnologia dryspin são o ângulo de flanco plano, uma geometria assimétrica e os flancos dos dentes arredondados. Estes asseguram uma maior eficiência e uma operação silenciosa com baixo atrito. Com a ajuda da prática ferramenta online "Especialista em pfusos de avanço" da igus, o utilizador pode montar o acionamento linear adequado, incluindo a porca, com apenas alguns cliques e encomendá-lo na hora.

Uma cópia em inteiro teor deste artigo pode ser visualizada através do LINK abaixo.
Somente ASSINANTES da Revista Manutenção podem BAIXAR o arquivo e a assinatura é gratuita. ASSINAR

via IGUS
igus

 

Texto: Primeira edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons
Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
Capa disponibilizada pela IGUS via Press Release sob licença Creative Commons BY-SA 
DETALHES SOBRE O AUTOR
marcio-marques Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
Marcio Marques
Nome: Marcio Marques
Website: http://www.igus.com.br/
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Gerente de Produto – Buchas e Mancais


   Redes sociais: 
linkedin Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
 
facebook Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
 
twitter Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
 
google Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
 
youtube Ajuste rápido e silencioso: novas porcas para movimentação isentas de lubrificação - Revista Manutenção
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

Gerente da linha Mecânica da igus desde 2001. Possui 24 anos de experiência em vendas e no mercado industrial e especialista em buchas e mancais em polímero.

FORMAÇÃO ACADÊMICA E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL:

Formado em engenharia de produção mecânica pela Universidade Uninove e também formado em Gerenciamento Comercial pela Unip com especialização em negócios internacionais pela CBS (Cologne Business School). Procura estar se atualizando constantemente e trocando experiências com colegas de outras plantas da empresa ao redor do mundo.


COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)

Redes sociais

Anúncios

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE