Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
bzdxNmgzdnNiam91Z2lwOWpzcGFpb3FmdTUxNTYxMDc0NDkw Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ?

Segurança em equipe disponibilizada por Freepik sob licença grátis com atribuição

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times



TAGOUT
MAXINST
Parceiro
JW Service Engenharia
GMG Service
BRLUX
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

(VIA TAGOUT) Qual a melhor forma de prevenir acidentes na sua indústria? Se você acredita que é investir em segurança do trabalho, está no caminho certo! Segurança do trabalho é um conjunto de ciências e tecnologias que têm o objetivo de promover a proteção do funcionário em seu local de trabalho, por meio da prevenção de riscos, visando a redução de acidentes e das doenças ocupacionais. No Brasil, muitas empresas ainda sofrem com os inúmeros prejuízos decorrentes da falta de políticas e ações efetivas para promover a segurança no ambiente de trabalho. São gastos com afastamento de trabalhadores, tratamentos médicos e indenizações, sem contar o capital humano e o tempo de treinamento necessário para recolocação de uma vaga. Assim, investir em políticas de segurança do trabalho é fundamental para o sucesso da sua empresa. No entanto, isso não se faz sozinho. É preciso contar com o envolvimento de toda a equipe. Mas por onde começar?

Planejamento é o primeiro passo 

A sua empresa precisa contar com políticas e programas efetivos visando asegurança do trabalho. Isso deve partir da liderança e incluir gestores de diversasáreas, principalmente do departamento de Recursos Humanos. Isso porque o RH é a área que tem mais conhecimento da empresa, conhecendo as atividades e rotinas dos colaboradores. Já os gestores poderão contribuir para desenhar e executar as estratégias e precisarão manter a equipe alinhada com os objetivos de segurança do trabalho.

O envolvimento de profissionais como engenheiros, médicos e técnicos em segurança do trabalho é indispensável para uma boa a gestão de segurança. Com o apoio de um gestor, esses profissionais poderão contribuir para identificar os riscos que os colaboradores podem estar expostos em cada setor, fiscalizar ações de prevenção, orientar e motivar os funcionários.

Todo o planejamento deverá seguir as Normas Regulamentadoras (NRs) de saúde e segurança do trabalho no Brasil, garantindo a conformidade da empresa à legislação. Quando necessário, as empresas também podem contar com o apoio de consultorias e assessorias especializadas para a adequação às normas.

A importância de um bom ambiente de trabalho

Quem gosta do que faz e do local em que trabalha é mais produtivo, responsável e feliz. Concorda? É por isso que na gestão de segurança, todos os  trabalhadores devem ter o mesmo "peso", ou seja, devem ser tratados e seguir regras da mesma forma. Isso porque a segurança de um depende do outro e não há como aproximar e unir uma equipe quando as diferenças entre os trabalhadores são grandes. Todos precisam ter o mesmo comprometimento!
Na verdade, uma empresa precisa de todos os trabalhadores para ter sucesso. O gestor que sabe disso, sem dúvida, está um passo à frente. Cada um precisa exercer sua função da melhor maneira possível, sempre de acordo com as políticas de segurança do trabalho. Aqui vai um exemplo bem básico. Se uma indústria está há 500 dias sem acidentes ou ocorrências e um trabalhador de qualquer área se acidenta, toda a empresa é impactada, direta ou indiretamente, devido às despesas, reputação, produtividade e outros fatores.

Conscientização dos colaboradores

Para envolver a todos os trabalhadores é preciso criar uma cultura de segurança dentro da empresa que faça parte do dia a dia dos trabalhadores. Então, vale a pena investir em treinamentos, pois os funcionários precisam saber exatamente o que estão fazendo a todo o momento. Assim, educar os trabalhadores sobre as atitudes preventivas é fundamental. Outras ações incluem as conversas diárias (Diálogo Diário de Segurança - DDS), palestras e discussões para sempre deixar a equipe preparada, além de ações que podem ser promovidas pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).
Também é importante oferecer ferramentas que contribuam para um ambiente de trabalho seguro. Assim, os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) são fundamentais. Alguns exemplos são os cones e faixas de segurança, placas de sinalização, sensores de presença, sirenes e alertas luminosos e os dispositivos de bloqueio e etiquetagem (como cadeados e garras de bloqueio, bloqueios de disjuntores e etc). Oferecer Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para equipe também é obrigatório. A escolha do EPI deve estar de acordo com o grau de proteção exigido para a função inerente ao risco do equipamento.

Investir em líderes engajados

De nada adianta ter uma política de segurança bem estruturada se os gestores da sua empresa não se envolvem, não conhecem as particularidades de cada atividade e dos seus funcionários. Os gestores precisam conviver com o time, não somente participando dos treinamentos e diálogos, mas também elogiando quando os objetivos são alcançados.

O diálogo com o trabalhador deve ser próximo. Para isso, o gestor precisa ser uma pessoa acessível, preparado para tirar dúvidas, dar orientações e feedbacks. Vocêacha que a sua equipe está preparada?

via TAGOUT
TAGOUT

Texto: Primeira edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons

Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
Segurança em equipe disponibilizada por Freepik sob licença grátis com atribuição

COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

DETALHES SOBRE O AUTOR
marcio-tosmann Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
João Tosmann
Nome: João Tosmann
Website: http://www.tagout.com.br/
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Engenheiro Eletricista


   Redes sociais: 
linkedin Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
 
facebook Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
 
twitter Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
 
google Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
 
youtube Segurança do trabalho: como envolver a equipe nesse assunto ? - Revista Manutenção
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

João Marcio Tosmann é engenheiro eletricista e diretor da Tagout, indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem. É autor de diversos artigos sobre segurança do trabalho, com objetivo de promover a discussão de temas relacionados a saúde e ao bem-estar dos profissionais no local de trabalho e a importância da prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

FORMAÇÃO ACADÊMICA E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL:

É formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica pela PUC-RS, com pós-graduação em Administração Industrial pela USP e MBA em Marketing pela ESPM. Possui experiência em projetos de manutenção industrial e logística em autopeças. Atuou como membro da diretoria do Complexo Industrial Automotivo General Motors (CIAG) e líder de projetos de novos veículos como Celta (General Motors) e EcoSport (Ford). Atualmente é diretor da Tagout, com sede em Vinhedo (SP), indústria de produtos de Bloqueio e Etiquetagem voltados para o mercado brasileiro, além de consultoria e treinamento.


Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)
Compartilhar

Facebook

Redes Sociais

 

 
 

Anúncios

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE