Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
a2lyNWI5cDY4c2Exb3MwM3E4Y2I3NDhmaDUxNTcxNjkwMTY1 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia

Manutenção de Ativos disponibilizada por Maxinst sob licença grátis com atribuição

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times



TAGOUT - BLOQUEIO E ETIQUETAGEM
MAXINST - EAM
IPOG - MBA em Gestão da Manutenção
GMG Service
ENGETAG
Parceiro
TAGOUT - BLOQUEIO E ETIQUETAGEM
MAXINST - EAM
IPOG - MBA em Gestão da Manutenção
GMG Service
ENGETAG
Parceiro

(MAXINST) A manutenção de ativos está presente no cotidiano industrial desde o princípio das atividades fabris. E assim como outros processos, ela vai se modernizando e se atualizando.

Em tempos de uma quarta revolução industrial, estar em dia com a manutenção de ativos pode fazer toda a diferença na produção da indústria. Isso gera maior eficiência, menos gastos, entre outros benefícios.
Para organizar esse processo de forma assertiva e potencializar a manutenção de ativos, a deixando em dia, alguns passos podem ser tomados. Saiba quais são!

Manutenção de ativos: 7 passos para deixá-la em dia

1. Possuir e manter um bom cadastro de ativos

 Para que a manutenção de ativos seja feita de forma efetiva e esteja sempre em dia, é necessário que o cadastro de ativos também esteja atualizado.Esse cadastro diz respeito às máquinas e aos equipamentos utilizados na indústria. Para administrá-los de forma prática e objetiva, um sistema de gerenciamentos de ativos e serviços EAM são excelentes soluções. São exemplos desses sistemas:

O Maxinst EAM;
● O IBM Maximo EAM.

2. Possuir e manter a classificação de ativos

A classificação de ativos é necessária para definir o melhor método de manutenção de ativos a ser aplicado. Tudo isso é feito de acordo com um Plano de Manutenção pré-estabelecido.

A classificação varia em:
● Classe A: Equipamentos e máquinas com prioridade alta.
● Classe B: Equipamentos e máquinas com prioridade média.
● Classe C: Equipamentos e máquinas com prioridade baixa.

A prioridade, por sua vez, é estabelecida de acordo com a importância de uma máquina ou equipamento no setor produtivo da indústria. Para se manter a par da classificação dos ativos, é necessário que a solução EAM utilizada na organização possua aplicações e funcionalidades capazes de fazer essa análise corretamente, e entregar a melhor estratégia de manutenção a ser adotada.

3. Mapear, elaborar e manter os planos de trabalho

O mapeamento das famílias de ativos, ou seja, de cada grupo de equipamentos com características técnicas semelhantes, é muito importante para a elaboração dos Planos de Manutenção.
Cada família deve ter o seu próprio plano ou roteiros de trabalhos. Neles, todas as informações para a realização de serviços devem estar registradas de forma a serem facilmente associadas a uma Ordem de Serviço.
Assim, elas podem ser compartilhadas e revistas quando necessário e garantem agilidade nas constantes revisões de melhorias que fazem parte do Plano de Manutenção.

4. Mapear, elaborar e manter os planos de Manutenção Planejadas

As manutenções podem variar quanto ao seu objetivo, se configurando como:
Preventivas;
Preditivas;
● Inspeções;
● e de Melhorias.

Todos esses processos são importantes para manter os ativos em dia. E, para organizá-los corretamente, é necessário o mapear, elaborar e manter os Planos de Manutenções doa ativos.
Para isso, o sistema de gestão EAM utilizado na empresa deve ter uma aplicação que permita a criação dos registros de manutenção planejada, a fim de criar Ordens de Serviço de forma automática e em tempo hábil para a sua realização.
Com essa ferramenta, é possível eliminar os erros e as falhas na geração e, consequentemente, na realização das manutenções planejadas, deixando os processos em dia.

5. Possuir um bom cadastro de peças sobressalentes, materiais e serviços

Ter um registro das peças sobresselentes, dos materiais e dos serviços disponíveis e necessários para as tarefas da manutenção de ativos é imprescindível para que o processo fique em dia.
Para auxiliar nessa tarefa, é importante que o sistema EAM possua aplicações em que tanto o planejador quanto o programador e o executante possam definir a apontar corretamente todas as peças, materiais e serviços a serem utilizados na execução.
Dessa forma, quando a equipe chegar para a execução do serviço, não há riscos da falta de uma peça ou material. Assim o trabalho ocorre de forma tranquila e ágil.

6. Elaborar e cadastrar a árvore de falhas

A árvore de falhas é uma ferramenta utilizada para que os profissionais possam registrar os sintomas, as causas e as intervenções de um atendimento de serviço corretivo.
Com esse tipo de registro, é possível que o corpo técnico da manutenção possa analisar qual o ponto onde mais ocorrem intervenções de manutenção e que tipo de falhas são tratadas.
O objetivo desse passo é identificar e realizar um trabalho que reduz ou até mesmo elimina os erros cometidos. Consequentemente, isso auxilia que a manutenção de ativos esteja sempre atualizada e em dia.

7. Análise de dados

A análise de dados é imprescindível na tomada de decisões e na aplicação de ações de melhorias. Com os dados gerados durante os processos industriais, de manutenção e de gerenciamento de ativos, é possível analisar as falhas registradas nas ordens de serviço.

Algumas tecnologias também auxiliam muito no monitoramento online, dando insights valiosos para o planejamento da Manutenção de Ativos. São elas:
● Internet das Coisas (IoT);
● Computação na Nuvem;
● Inteligência Artificial (IA);
● Business Intelligence (BI), entre outras.

Além de deixar os processos em dia, a constante análise de dados, consequentemente, também gera outros benefícios, como a redução de custos, a adoção de melhores técnicas de manutenção, o aumento de disponibilidade e a melhora na qualidade de serviços, entre outros.

Todos esses passos, aliados com as soluções tecnológicas necessárias, são importantes para que a Manutenção de Ativos seja realizada com tranquilidade na indústria. Assim, é possível também gerar melhores resultados de forma mais eficiente, evitando desgastes desnecessários!

E agora que você já sabe de tudo isso, que tal se aprofundar ainda mais? Seguindo nessa temática, preparamos um artigo especial sobre 5 inovações que a Computação Cognitiva trouxe para a Gestão e Manutenção de Ativos. Acompanhe!

 

via MAXINST

MAXINST

 

 

Texto: Segunda edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons
Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
Manutenção de Ativos disponibilizada por Maxinst sob licença grátis com atribuição  
COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

DETALHES SOBRE O AUTOR
maxinst 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
Maxinst
Nome: Maxinst
Website: http://maxinst.com.br/
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Especialistas em Gestão de Ativos e Serviços


   Redes sociais: 
linkedin 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
 
facebook 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
 
twitter 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
 
google 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
 
youtube 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

Maxinst empresa de tecnologia da informação, especializada em soluções para gestão de ativos e serviços. Parceiro IBM. Especialistas em reduzir custos através de tecnologias que otimizam as operações de sua empresa. Implantamos soluções para controle e planejamento, que reduzem custos com manutenção e infraestrutura de TI, aumentando a produtividade. Nossas habilidades, processos e técnicas nos permitem enfrentar qualquer desafio em: Gestão de ativos corporativos (EAM) e Internet das Coisas (IoT) Gestão de serviços TI e não-TI; Gestão das operações em TI (ITSM) Gestão da infraestrutura de TI

CERTIFICAÇÕES:

certificacoes-maxinst 7 passos para deixar a manutenção de ativos em dia - Revista Manutenção


Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)
Compartilhar

Redes Sociais

 

 
 

Anúncios

Livros recomendados

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE