Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
NDVoY25jNGxrMml2c2dia3BqZzUzMmh1MTExNTYxMDc0NjQ1 Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio?

Correias disponibilizada por JWENG sob licença grátis com atribuição

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times



TAGOUT
MAXINST
Parceiro
JW Service Engenharia
GMG Service
BRLUX
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

(JW Engenharia) Vamos aprender a calcular e também quais são os materiais mais indicados para fazer uma emenda de correia a frio. Os transportadores de correia são elementos vitais para a produção. Por isso, quando se realiza uma emenda em campo, é preciso atenção a fatores como comprimento da emenda, ferramentas adequadas, cola correta, limpeza das lonas, tempo de cura etc.

Isso garante que não ocorra a soltura da correia, causando assim uma parada não programada.

Vamos entender um pouco melhor sobre a correia e sua emenda.

  • VIÉS: área não removível da emenda, parte integrante do seu comprimento e que determina o ângulo do seu escalonamento.
  • PASSO OU DEGRAU: acompanha paralelamente a linha do viés, é o responsável pela área de garra da emenda.
  • LINHA DE BASE: é a linha transversal à correia em ângulo reto (90°) em relação às suas bordas e à linha de centro. Determina o comprimento da emenda, de onde devem partir todas as tomadas de medida para o escalonamento.
  • LINHA DE CENTRO: é a linha disposta no centro da correia no sentido longitudinal. Serve para o alinhamento da correia.
Aprenda como fazer uma emenda de correia a Frio.
  • Atenção! É fundamental o tensionamento correto da correia antes do início da realização da emenda para certificarmos que após o término do serviço o esticador tenha curso suficiente para que a correia trabalhe tensionada, e também que se tenha curso disponível para compensar os alongamentos que a correia venha a ter durante o transporte do material.

    Hora de dos cálculos, vamos a um exemplo.

    O comprimento do Passo varia de acordo com o tipo de lona e não com a largura da correia, confira nosso exemplo na tabela abaixo:

Tipo de lona e passo

Correia de 3 Lonas:

3PN2200; 8mm x 3mm ; 800mm 

C.E. = VIÉS + (Nº DE PASSOS)XPASSO

VIÉS = 0,5 X LARGURA 
VIÉS = 0,5 X 800 
VIÉS = 400mm

Nº DE PASSOS = Nº DE LONAS -1 
Nº DE PASSOS = 3-1 
Nº DE PASSOS = 2

PASSO = 250mm (Da tabela) Ou 

PASSO = Largura ÷ Nº DE PASSOS 
PASSO = 800mm ÷ 2 PASSO = 400mm

Como de acordo com a tabela devemos utilizar o que tiver maior valor, utilizaremos 400mm

C.E. = VIÉS + (Nº DE PASSOS) X PASSO 
C.E. = 400 + 2 X 400 C.E. = 400 + 800 
C.E. = 1200mm

Ou seja, neste exemplo, deveremos utilizar um Comprimento de Emenda de 1200mm. Atenção: para maiores detalhes, o fabricante da correia poderá ser consultado. (lembrando que o recomendado é a contratação de uma empresa qualificada para o serviço). 

5 fatores que você deve analisar antes de fazer uma emenda de correia transportadora

5 fatores que você deve analisar antes de fazer uma emenda de correia transportadora

Ferramentas Necessarias

Para o adesivo e catalisador recomendamos o uso dos produtos Vipal, que são os seguintes:

Cola Cimento Vipafix e Catalisador Vipal

Cola Cimento Extraforte Vipafix resulta na adesão e colagem dos materiais. Já o Catalisador Vipafix intensifica a cristalização do Cimento Extraforte Vipafix e a resistência da colagem ao calor.

Indicamos também o uso dos Grampos Fera (Farpa) para realizar a emenda de correia transportadora.

 

via JWENG

JW Engenharia

Texto: Segunda edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons
Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
Correias disponibilizada por JWENG sob licença grátis com atribuição  

 

COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

DETALHES SOBRE O AUTOR
roberto-thiago Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
Roberto Thiago
Nome: Roberto Thiago
Website: http://www.jwservice.com.br/
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Gerente Comercial

   Telefone:  +55 (31) 9 9189-1052


   Redes sociais: 
linkedin Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
 
facebook Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
 
twitter Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
 
google Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
 
youtube Como calcular e quais materiais devo utilizar para fazer uma emenda de correia a frio? - Revista Manutenção
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

Profissional com mais de 10 anos de experiência na área comercial com foco em indústrias. Decisões diárias, atualizações constantes e uma boa prática de relacionamento com clientes/fornecedores/colaboradores. Coordenei a implantação de programas de ERP, o Datasul da Totvs e JIVA. Realiza visitas técnicas e comerciais.

Meu propósito de Vida! Motivar e liderar as pessoas para alcançarem seus objetivos pessoais e/ou do grupo de forma alegre e respeitando os mandamentos de Deus. Acredito ser possível melhorar as pessoas e a sociedade colocando nossas habilidades profissionais e pessoais a serviço.

FORMAÇÃO ACADÊMICA E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL:

Engenheiro Eletricista pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Palestrante, Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching. MBA em Gestão Empresarial pelo SENAC.


Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)
Compartilhar

Facebook

Redes Sociais

 

 
 

Anúncios

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE