Sidebar

BT Login

Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
MW5hY2Vkc25lazNzMGZrZjVnc2lxZm9ldDMxNTkzOTk5MTg5 Parada para manutenção em plataformas fez produção de petróleo recuar - Revista Manutenção
Reload Captcha

BM Slide Login

0 Eventos

Parada para manutenção em plataformas fez produção de petróleo recuar

FPSO Sapinhoá disponibilizada por Stéferson Faria via Wikipedia sob licença Creative Commons BY 3.0

Ferramentas
Fonte
  • Menor Pequena Média Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times



TAGOUT - BLOQUEIO E ETIQUETAGEM
MAXINST - EAM
IPOG - MBA em Gestão da Manutenção
GMG Service
ENGETAG
Parceiro
TAGOUT - BLOQUEIO E ETIQUETAGEM
MAXINST - EAM
IPOG - MBA em Gestão da Manutenção
GMG Service
ENGETAG
Parceiro

(Agência Brasil) A produção de petróleo no Brasil recuou 2,2 % em janeiro de 2019 na comparação com o mês de dezembro de 2018 e aumentou 0,6% se comparada com janeiro do ano passado. A produção total de petróleo em janeiro corresponde a 2,631 milhões de barris diários, de acordo com os dados divulgados hoje (7) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A produção de petróleo no Brasil recuou 2,2 % em janeiro de 2019 na comparação com o mês de dezembro de 2018 e aumentou 0,6% se comparada com janeiro do ano passado. A produção total de petróleo em janeiro corresponde a 2,631 milhões de barris diários, de acordo com os dados divulgados hoje (7) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O principal motivo para a queda em relação a dezembro foram as paradas para manutenção nas plataformas P-74 e FPSO [Unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de petróleo] Cidade de São Paulo, respectivamente nos campos de Búzios e Sapinhoá, localizados na Bacia de Santos, em áreas do pré-sal.

Já a produção de gás natural de janeiro, de 113 milhões de m³ diários, teve uma redução de 0,4% em comparação ao mês anterior e um aumento de 0,7% se comparada com o mesmo mês de 2018.

Pré-sal

A produção do pré-sal em janeiro totalizou 1,837 milhão de boe/d, uma redução de 2,7% em relação ao mês anterior. Foram produzidos 1,456 milhão de barris de petróleo por dia e 61,5 milhões de metros cúbicos diários de gás natural em 90 poços. A participação do pré-sal na produção total nacional em janeiro foi de 54,9%.

Campos produtores

O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural. Produziu, em média, 889 mil bbl/d de petróleo e 38,3 milhões de m3/d de gás natural. Os campos marítimos produziram 95,9% do petróleo e 82,1% do gás natural. A produção ocorreu em 7.360 poços, sendo 717 marítimos e 6.643 terrestres.

via Agência Brasil
agencia brasil

 

Texto: Primeira edição publicada na Revista Manutenção sob licença Creative Commons  Licença Creative Commons
Imagens: As imagens possuem licenças específicas, consulte as respectivas legendas
FPSO Sapinhoá disponibilizada por Stéferson Faria via Wikipedia sob licença Creative Commons BY 3.0
COMENTE, DEBATA, DISCUTA OU DEIXE A SUA OPINIÃO RESPEITOSAMENTE
Os comentários não representam a linha editorial, tampouco a opinião dos articulistas e editores da Revista Manutenção, e estão sujeitos a moderação, pois são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Caso encontre algo ofensivo que viole a legislação vigente no Brasil ou os termos de uso, DENUNCIE.

DETALHES SOBRE O AUTOR
redacao Parada para manutenção em plataformas fez produção de petróleo recuar - Revista Manutenção
Redação
Nome: Redação
Website: http://www.revistamanutencao.com.br
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Editores, redatores e revisores


   Redes sociais: 
Linkedin
 
Facebook
 
Google+
 
Youtube
 
Twitter
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.




APRESENTAÇÃO:

A Redação da Revista Manutenção é composta por profissionais que atuam com manutenção no setor secundário (indústria) e terciário (comércio e serviços) da economia, dispostos à difundir informações, artigos, opiniões, debates e eventos, para estudantes e profissionais que atuam direta ou indiretamente com manutenção, assim como na gestão de ativos, recursos e serviços.

MISSÃO, VISÃO E VALORES:

Explorar o potencial da internet para tornar-se referência como acervo científico e tecnológico, através da publicação de conhecimento, sob licença de uso que o permita ser difundido entre estudantes e profissionais que atuam direta ou indiretamente com manutenção, cujos interesses sejam convergentes e alinhados com a missão citada acima e com os valores pormenorizados no seguinte documento: Institucional.html


Avalie esta publicação: 1 1 1 1 1 Nota 0% (0 Votos)
Compartilhar

Redes Sociais

 

 
 

Anúncios

Livros recomendados

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE