Proteção IP
Proteção IP

A importância da proteção IP

Você sabia que para ambientes com condições extremas de temperatura, umidade, ruídos ou vapores tóxicos, existem equipamentos desenvolvidos exclusivamente para eles? 

A proteção IP (Ingress Protection) - padrão internacional definido pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC), publicada pela ABNT, consiste em uma classificação que define o grau de proteção que cada equipamento precisa ter, em cada atmosfera com condições variáveis

É possível encontrá-lo em aparelhos como: smartwatches, celulares, luminárias, cabos elétricos, sensores IoT e outros dispositivos eletrônicos.

FMEA: o que é, como funciona e como aplicar

Basicamente essa classificação conta com dois números, sendo que o primeiro aponta o índice de proteção contra a entrada de poeira, partículas sólidas ou proteção de pessoas contra o acesso às partes perigosas. 

IP69K Proteção

O segundo número define a proteção contra a penetração de água, indicando que o desempenho não será comprometido. 

Por exemplo, um dispositivo com proteção IP20 não deve ser deixado em área externa já que não possui resistência à água e terá sua parte interna danificada. O grau de proteção máximo é o IP69K apontando que produtos que passaram por testes minuciosos e suportam fatores adversos. 

Essa classificação é ideal para ambientes que são extremamente agressivos, com poeira e umidade, como a indústria alimentícia e farmacêutica que a base são resíduos sólidos e líquidos. 

Tabela Proteção IP69K

Por isso é fundamental entender as condições do ambiente onde o equipamento será instalado, principalmente no caso de sensores acoplados a ativos na indústria.

O sensor de vibração Smart Trac, da TRACTIAN, é um exemplo de dispositivo que teve sua proteção de IP65 elevada para  IP69K, sendo resistente à água, alta pressão, produtos químicos e temperatura. 

Conheça o sistema IoT e melhore o desempenho da sua rotina de manutenção

Além de suportar temperaturas e umidade que vão de -10 a + 90°C ele também, tem maior frequência de aquisição de dados indo de 8kHz a 32 kHz. 

sensor de vibracao smart trac

Os dados de vibração, temperatura e horímetro são coletados pelo sensor e ao menor sinal de falha identificada os gestores são avisados.  

Ao todo mais de 30 tipos de categoria de ativos rotativos podem ser monitorados, principalmente aqueles que trabalham com algum tipo de comportamento crítico ou perfil de vibração definido. 

 Dentre eles, destacamos quatro ativos mais comuns: 

  • Compressor (Volumétrico, pistão, parafuso e scroll);
  • Motor Elétrico (Corrente contínua e alternada);
  • Ventilador (Axial, centrífugo ou radial);
  • Motobomba (Periférica e Centrífuga).

Por sua rápida instalação - em até 3 minutos, sem necessidade de infraestrutura específica para ser utilizado, é possível identificar automaticamente, mudanças de setup, material processado ou velocidade, desgastes, desbalanceamento, desalinhamento, folga mecânica; picos anômalos, engrenamento, falha de rolamento, falta de lubrificação, deposição, desgaste de filtros e cavitação. 

Além disso, sua base também foi modificada, agora ela pode permanecer no ativo enquanto o topo pode ser removido para a manutenção. 

Saiba como funciona o sensor da TRACTIAN

Todas essas informações coletadas podem ser consultadas e gerenciadas pelo gestor ou time de manutenção todos os dias da semana.  Converse com o time de  especialistas da TRACTIAN e tire todas as suas dúvidas sobre manutenção. 

Redação

Editores & Revisores

Especializações

Jornalismo

Redes sociais

A Redação da Revista Manutenção é composta por profissionais que atuam direta e indiretamente com manutenção no setor secundário (indústria) e terciário (comércio e serviços) da economia, dispostos à difundir informações, artigos, opiniões, debates e eventos, para estudantes e profissionais que atuam com engenharia de manutenção e/ou confiabilidade, assim como na gestão de ativos, recursos, serviços e riscos.

A linha editorial da Revista Manutenção está plenamente alinhada com o código de ética e conduta de entidades, instituições e conselhos de classe como CONFEA, CREA e FNE, no sentido de fomentar o desenvolvimento social e econômico nacional, por meio do progresso ciêntício e tecnológico sustentável, com o objetivo de garantir o bem-estar e o desenvolvimento do homem, em seu ambiente e em suas diversas dimensões: como indivíduo, família, comunidade, sociedade, nação e humanidade; nas suas raízes históricas, assim como nas gerações atuais e futuras.

Explorar o potencial da internet para tornar-se referência como acervo científico e tecnológico, através da publicação de conhecimento, sob licença de uso que o permita ser difundido entre estudantes e profissionais que atuam direta ou indiretamente com manutenção, cujos interesses sejam convergentes e alinhados com a missão, visão e valores descritos aqui.

O desenvolvimento social e humano é determinante para o desenvolvimento econômico do país e das empresas, portanto defendemos que o Estado, assim como a iniciativa privada, devem priorizar investimentos para a educação e capacitação profissional, assim como adotar e promover políticas e valores que promovam o estado de bem estar e justiça social, considerando o princípio da igualdade de oportunidades com isonomia e equidade.

O meio ambiente é patrimônio da humanidade, e não deve em hipótese alguma ser submetido aos interesses corporativos e/ou especulativos de mercado, portanto protegê-lo e preservá-lo através da legislação ambiental e demais recursos ciêntíficos e tecnológicos é um dever ético imutável e comum a todas pessoas, profissionais, empresas, governos e países.

O progresso social, político, econômico, científico e tecnológico nacional, depende da adoção de uma política econômica desenvolvimentista, não ortodoxa, que reverta e supere as crises econômicas resultantes do modelo fracassado que popularizou-se nos países sub-desenvolvidos em meados da década de noventa.

A meritocracia é uma distopia que catalisa a corrupção e subverte as regras instituídas em nome do bem-estar coletivo, tornando-as flexíveis e barganhaveis diante de interesses escusos, portanto ela deve ser superada.

A transparência é sinônimo de lisura, portanto informações e opiniões devem ser devidamente separadas e identificadas, para evitar que o público seja submetido ao engodo da persuasão e da fabricação de consenso.

Todo conhecimento adquirido, seja ela discursivo ou intuitivo, deve ser multiplicado, compartilhado e utilizado para garantir que os valores expressos acima, sejam consolidados de modo empírico.


loading A importância da proteção IP  - Revista Manutenção Não há mais arquivos para exibir