1 Eventos

Colunas

Grade Lista

Trata-se de um tema recorrente. Como este analista estuda o tema há pelo menos duas décadas, vamos resgatar textos de forma a gerar um sentido conjunto e atual. A este respeito, abordamos a censura dos conglomerados na agenda “econômica”, quase sempre com inclinação para a especulação e operando com conceitos de neoliberalismo vulgar.

Leia mais...

Um país sem indústria é um país fraco. País fraco depende da indústria de outros países. Em todas as cadeias de valor, quem tem impõe e quem não tem recebe a imposição. Por vezes um “chavão mal visto” pode ser um conceito-chave tornado “obsoleto” no jogo de linguagens difundido pelos laboratórios de ideias (think tanks) pregando 24 horas por dia a subordinação através da desindustrialização.

Leia mais...

Estamos diante de uma pandemia mundial e os países se dividem entre aqueles que conseguem produzir a vacina e os que precisam de ajuda para fabricá-la em parte ou no todo. A disparidade no acesso à vacina escancara o Diferencial de Pobreza (DDP) como forma extrema da Divisão Internacional do Trabalho (DIT). A situação é complexa e, muitas vezes, desumana.

Leia mais...

Ao iniciarmos essa fase de pandemia e sem bem conhecer o comportamento do vírus, todos nós ficamos apreensivos, alguns até mesmo acharam que iríamos ficar sem comida, outros sem remédios, mas com o passar dos dias, acabamos percebendo que não podemos parar e temos que enfrentar tudo  o que vier e nos readequar.

Leia mais...

Há pouco mais de cento e cinquenta anos não existiam computadores, smart phones, redes (internet/social/profissional), tampouco mensageiros instantâneos, publicar um livro por exemplo, era um privilégio para poucos, mas apesar de todas essas dificuldades, naquela época o embate de ideias antagônicas acontecia com classe, ou seja, de maneira inteligente, racional e respeitosa, através de correspondências, livros, conferências, congressos, simpósios ou assembleias, como aconteceu por exemplo no episódio épico em que um filósofo e economista escreveu o livro A Filosofia da Miséria, e obteve de outro filósofo e economista a resposta no mesmo formato (livro), cujo título A Miséria da Filosofia, foi uma irônia dirigida ao autor da primeira obra.

Leia mais...

A web democratizou a comunicação de uma forma que trouxe imensuráveis benefícios para a humanidade, porém é necessário considerar que alguns efeitos colaterais surgiram com o advento das redes sociais, que nos presenteou com o surgimento das notícias falsas, as famigeradas fake news não prosperavam na web, devido a inexistencia de um canal para difundí-las através do engajamento social, o que passou a acontecer em larga escala através do Okrut, Facebook, Google+, Twitter e Whats app.

Leia mais...

Em artigo publicado no mês de maio, que leva o título de: 40 anos de desindustrialização, o Economista e Professor emérito da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Luiz Carlos Bresser-Pereira, descreveu de forma pormenor o processo de desindustrailização que acomete o Brasil desde meados da década de oitenta (80s), quando a economia do país puxou o freio de mão, devido a crise da dívida externa, mantendo-se praticamente paralisada durante toda a década de noventa (90s), em consequência da adoção de um regime de política econômica liberal, que infelizmente não foi superado na década seguinte e que ressurgiu agora em meados de 2018, através de meia dúzia de aprendizes de feiticeiros, cujo o objetivo estratégico não declarado é retardar ainda mais o desenvolvimento industrial e econômico do país para atender aos interesses escusos do mercado financeiro-rentista.

Leia mais...

Em 28 de Abril de 2017, através de um convite do Clube de Engenharia, estive presente em um evento na faculdade de direito da USP, no Largo São Francisco, em São Paulo, afim de prestigiar o lançamento do Manifesto do Projeto Brasil Nação, capitaneado pelo famigerado economista, cientista político, cientista social, administrador de empresas, formado em direito e professor da Fundação Getúlio Vargas, Luiz Carlos Bresser-Pereira, e assinado por diversos políticos, professores, intelectuais e empresários como Fernando Haddad, Ciro Gomes, Celso Amorim, Eduardo Suplicy, Lindbergh Farias, Carina Vitral, Luiz Gonzaga de Belluzzo, Raduan Nassar, Pedro Celestino, Leda Paulani, Fábio Konder Comparato, Paulo Henrique Amorim e Mario Bernadini.

Leia mais...

Layout disponibilizado por New7Ducks - FreePik.com e Foto disponibilizada por Tatiana Sapateiro

Ponto de vista

A primeira edição da Revista Manutenção, surgiu da tentativa de reunir em um único arquivo, todo o conteúdo publicado na edição digital, desde agosto de 2016, quando o periódico iniciou suas atividades, até dezembro de 2017, portanto ela é composta por informações e opiniões que evidenciam além do cotidiano da manutenção, a conjuntura geopolítica e econômica brasileira em um período de arremedo histórico, que certamente determinará o futuro do Brasil e consequentemente de toda a América Latina.

Leia mais...

Última edição

A manutenção do ativo Brasil após o ensaio neodesenvolvimentista

A manutenção do ativo Brasil após o ensaio neodesenvolvimentista

Janeiro / 2018 - Quais são as perspectivas para o Brasil, após ensaio neodesenvolvimentista, interrompido pelo anacrônico neoliberalismo e sob influência neoimperialista?

Diversos arquivos grátis. Confira!

Manutenção pelo mundo

Ainda não é registrado? Registre-se agora!

ÁREA DO ASSINANTE